Monday, June 26, 2006


O tubarão branco no livro vermelho de espécies em risco de extinção

Apesar do seu tamanho, força e ferocidade, o tubarão branco está ameaçado.
O tubarão branco está no livro vermelho de espécies em risco de extinção.
Esta medida foi tomada essencialmente por 3 razões:
O tubarão branco é raro, gera apenas uma ou duas crias de cada vez, tem uma das mais baixas taxas de procriação entre os peixes e tem sido
perseguido por medo e pelo orgulho de enfrentar um animal perigoso.
Ele é o principal predador dos oceanos, influencia todos os níveis inferiores, a sua existência contribui para o controle da população de focas e leões marinhos. O seu desaparecimento aumentaria essas populações que por sua vez consumiriam mais peixes.
A reação em cadeia, pode atingir o plâncton, minúsculos organismos que, em grandes quantidades, produzem a maior parte do oxigénio da atmosfera. Os desequilíbrios provocados pela extinção deste animal são imprevisíveis. Sem o tubarão branco, a vida nos oceanos entrará em colapso.
.
.
O tubarão branco é o maior predador dos oceanos, com um peso de quase 2 toneladas e até oito metros de comprimento, sendo que a sua dimensão é equivalente à da orca.
É um animal muito individualista e instável, muda de comportamento a toda hora.
Uma das caracteristicas que possui são as centenas de sensores eléctricos dispostos na parte frontal do corpo, com os quais capta até as batidas cardíacas de um outro animal à distância. Sendo que através do ritmo das pulsações, ele avalia se a potencial vítima está assustada ou tensa, situação em que poderá dominá-la mais facilmente.
.
.
O Tubarão Branco é capaz de projectar a boca para fora da face, aumentando o tamanho da dentada para perto de um metro e meio, quase o suficiente para engolir um homem em pé.

Através da chamada eletrorrecepção, o tubarão branco é capaz de detectar minúsculos campos eléctricos gerados pelo organismo dos outros animais. Ele pode sentir um campo eléctrico até 20.000 vezes menores que 1 volt, equivalente ao da batida do coração de um peixe. Outro órgão sensorial muito importante é o olfacto, este permite-lhe detectar uma gota de sangue numa piscina.

O tubarão branco é um peixe de águas tropicais, pois gosta do frio. Ele surge principalmente em regiões próximas das correntes frias e temperadas do planeta.
A sua presença também se faz notar nas áreas de procriação das focas e leões marinhos, que se situam em águas rasas, perto das praias de clima temperado e semitropical. É nesses locais que ele se alimenta.
Desconhece-se as áreas e os hábitos de acasalamento deste animal.